Grêmio decide na primeira etapa e goleia Ayacucho na pré-Libertadores

Tricolor abre boa vantagem para jogo de volta na próxima terça

Por Agência Brasil Notícias – Publicado em 10/03/2021 – 23:39 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional – São Paulo

O Grêmio não teve dificuldades para estrear com vitória na Libertadores. Nesta quarta-feira (10), o Tricolor recebeu o Ayacucho (Peru) na Arena, em Porto Alegre, e goleou por 6 a 1, no jogo de ida do duelo pela segunda fase preliminar da competição. Os gaúchos têm a vantagem de poderem perder até por quatro gols de diferença na segunda partida do confronto.

O resultado iguala a maior goleada aplicada pelo Grêmio na história da Libertadores. Em 1984, o Tricolor derrotou o Universidad Los Andes (Venezuela) pelo mesmo placar, com gols de Caio, Tarciso (2), Guilherme (2) e Hugo de León, no estádio Olímpico, antiga casa do clube gaúcho.

O duelo de volta será na próxima terça-feira (16), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (Equador), 2,8 mil metros acima do nível do mar. A partida seria no estádio Garcilaso de la Vega, na cidade peruana de Cusco, com altitude de 3,4 mil metros, mas a impossibilidade dos voos do Brasil entrarem no Peru, devido à variante do novo coronavírus (covid-19), levou a Confederação Sul-Americana de Futebol (CBF) a mudar o palco do jogo.

Quem avançar no confronto encara o ganhador de Unión Española (Chile) e Independiente del Valle (Equador) na terceira fase preliminar, que dá vaga à etapa de grupos do torneio. No jogo de ida, os chilenos, que atuaram em casa, venceram por 1 a 0.

Com as linhas de marcação adiantadas e muita pressão, o Grêmio não demorou a balançar as redes. Aos três minutos, o volante Maicon lançou César Pinares às costas da defesa, pela esquerda. O meia desviou para a pequena área, na saída do goleiro Maxilimiliano Cavalotti, e o zagueiro David Braz completou. Os gaúchos só não aumentaram a vantagem aos nove porque Cavalotti fez grande defesa em finalização do atacante Diego Souza, na sequência de uma jogada construída pela esquerda, com o lateral Diogo Barbosa.

O Ayacucho conseguiu passar do meio de campo somente após os 22 minutos, mas sem perigo. Ao contrário do Grêmio, que chegou ao segundo gol aos 27 minutos. O atacante Ferreirinha recebeu passe milimétrico de Pinares, driblou Cavalotti e balançou as redes. Aos 31, o meia Alisson foi puxado na área e a arbitragem marcou pênalti, que Diego Souza converteu. O atacante marcou também o quarto, na sequência de um passe que ele próprio tentou dar para Ferreirinha e que foi rebatido pela defesa dos peruanos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s