Juazeirense vence o Vitória de virada, e marca os três primeiros pontos no Baiano de 2023

A Juazeirense fez valer o seu mando de campo e venceu o Vitória por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, válido pelo terceira rodada do Campeonato Baiano. O Vitória saiu na frente aos quatro minutos com Léo Gamalho, mas cedeu o empate para Juazeirense aos 16. O gol foi marcado por Adriano Michael Jackson. Na etapa final, o Cancão de Fogo balançou as redes com Nildo Petrolina e Reinaldo.

+ Mais

O próximo compromisso da Juazeirense é contra o Itabuna, na terça-feira (24), às 20h30, no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus. Já o Vitória vai mudar a chave e focar suas atenções na Copa do Nordeste. A equipe pega o Santa Cruz, sábado (21), às 17h30, no Barradão. Pelo Baianão, o time rubro-negro volta a campo no dia 26 de janeiro, uma quinta, contra o Doce Mel, às 19h15, também dentro de casa.

O JOGO

O Vitória abriu o placar logo no início da partida. Aos quatro minutos, o atacante Léo Gamalho, um dos estreantes da noite, foi acionado por Rodrigo Andrade, invadiu a área e arrematou para o gol. A bola desviou no defensor da Juazeirense e morreu no fundo das redes. O árbitro deu o gol para o camisa 9 do Leão.

A Juazeirense não se abalou com o gol sofrido e partiu para cima em busca do empate. Aos 11, Adriano Michael Jackson ganhou de Marco Antônio e deixou Kesley sozinho na cara do gol, que não conseguiu acertar o chute. O empate veio aos 16. Clébson recebe uma bola longa pela esquerda, fez um cruzamento na medida para Adriano Michael Jackson balançar as redes. O jogo ficou morno após o empate. As duas equipes até criaram algumas chances, mas deixaram a desejar nas conclusões.

Segundo tempo

No intervalo, o técnico João Burse fez duas alterações. Ele sacou Railan e Eduardo para as entradas de Osvaldo e Gustavo Blanco, respectivamente. O Vitória tentou impor o ritmo de jogo no começo do segundo tempo e até chegou com mais perigo, mas falhou nas finalizações.

Aos 13, quase o Vitória desempatou o jogo. Gustavo Blanco recebeu passe de Gegê e arrematou de primeira. A bola chegou a balançar as redes, mas do lado de fora. A Juazeirense conseguiu virar aos 27. Kesley invadiu a área, passou para Nildo Petrolina, que estufou as redes. E não parou por aí. Aos 45, Neto Baiano acionou Kesley pela direita. Ele tocou para Reinaldo, que arrematou com força e deu números finais ao jogo.

Por blog do Zé Carlos Borges

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s