Aplicativo facilita avaliação do desempenho motor na educação física escolar

O aplicativo “Educativo EF” foi desenvolvido para combater o sedentarismo. Ferramenta é gratuita e está disponível para escolas, academias e personal trainers

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas se a população global fosse mais ativa. As diretrizes mais recentes da agência reforçam o combate ao sedentarismo, que se apresenta em maior dimensão devido ao isolamento social em meio à pandemia. Para o educador físico e pesquisador da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP, Fernando Garbeloto dos Santos, o sedentarismo se combate desde a infância e as aulas de educação física nas escolas são os espaços mais democráticos para promover o desenvolvimento das habilidades motoras fundamentais que tornam as pessoas mais ativas. Com essa motivação, Garbeloto desenvolveu o Educativo EF, aplicativo que pode ser usado por profissionais de educação física, pais e alunos. A principal utilidade da inovação é facilitar a avaliação do desempenho motor na educação física escolar, um dos maiores desafios para os professores hoje e, assim, melhorar a prática, incentivo e correção dos alunos.

+ Mais

Em sua tese de doutorado, sob orientação do professor Go Tani, o pesquisador estudou o desenvolvimento de habilidades motoras fundamentais, que são as mais importantes para o seguimento de uma vida ativa fisicamente. Elas são a base para a prática de exercícios mais complexos e dão sustentação para as modalidades que integram os indivíduos socialmente. De acordo com Garbeloto dos Santos, o desenvolvimento dessas habilidades se dá com a prática, o incentivo e a correção. E o lugar onde a maioria das crianças e adolescentes que não têm acesso a academias e clubes encontra esse conjunto de fatores é nas aulas de educação física nas escolas. 

O aplicativo Educativo EF recebeu o terceiro lugar em prêmio da Associação Brasileira da Indústria do Esporte – Foto: Cedida pelo pesquisador


“Essas habilidades não são apenas importantes para o desenvolvimento motor, mas para o desenvolvimento humano. O movimento faz parte da interação social e da nossa saúde”, afirma Garbeloto. Ele ainda destaca que, para além das questões de saúde física e envolvimento social, os estudos mais recentes na área mostram que pessoas ativas apresentam menos transtornos psicológicos, como ansiedade e depressão. 

Para ele, o ponto-chave para esses problemas ligados à prática esportiva está nas aulas, com destaque para a avaliação. Nas aulas, os professores e professoras buscam avaliar o desempenho dos alunos, para elaboração das atividades. “Quando as modalidades propostas não são adequadas às turmas, gera-se desincentivo, seja porque os alunos a consideram muito fácil ou muito difícil”, explica o pesquisador. O desinteresse por atividades físicas é um dos fatores ligados ao cenário brasileiro, em que 78% das crianças e 84% dos adolescentes não fazem o mínimo de atividade física recomendada por dia, segundo dados da OMS. Garbeloto observou que facilitar a avaliação dos profissionais poderia ser a forma de proporcionar aos estudantes aulas mais adequadas e, portanto, maior interesse.

+ Mais

Para isso, seu método avaliativo desenvolvido no doutorado, que levava cerca de 20 minutos por aluno, foi adaptado para ser compatível com a realidade das aulas de educação física nas escolas e foi sintetizado de forma prática e dinâmica no Educativo EF. A tecnologia auxilia no planejamento de aulas voltadas ao aprimoramento das habilidades. “Em uma única aula, o professor consegue monitorar a competência motora dos alunos, ao longo do processo de desenvolvimento, da educação infantil ao ensino médio, com resultado automático, mudar a aula — se necessário — e ainda corrigir os alunos que mais necessitam”, afirma. 

O aplicativo Educativo EF está disponível na plataforma Google Play – Foto: imagens cedidas pelo pesquisador

O acesso à ferramenta também pode ser disponível para os alunos e pais. Segundo Garbeloto, além do significado motor, o cultural é importante. “Por isso, o aplicativo traz a biblioteca digital, contendo dicas de saúde, resumos de artigos científicos que mostram informações confiáveis sobre atividade física e saúde, incluindo lazer e esporte”, completa.  Para mais, o aplicativo traz uma seção chamada “Eventos esportivos”, onde são exibidos os eventos ligados à prática esportiva e espaços disponíveis para prática, como ciclofaixas. “Ele também traz jogos e atividades não eletrônicos para a família, dicas de melhora da qualidade do movimento nos jogos e histórias sobre os jogos.” 

Lançado em fevereiro, hoje o  Educativo EF integra quatro escolas, com centenas de alunos do ensino infantil, fundamental e médio, e três academias. O pesquisador conta que, como resultados, os usuários relatam a facilidade em usar o aplicativo, os alunos estão se mostrando mais motivados e os professores afirmam que a ferramenta ajuda nas aulas e no mapeamento das necessidades dos alunos e turmas.

A ferramenta recebeu o terceiro lugar na categoria Aplicativos do 2º Prêmio e Fórum São Paulo de Inovação Tecnológica no Esporte, Saúde, Lazer e Construção, promovido pela Associação Brasileira da Indústria do Esporte.

Como se cadastrar no Educativo EF?

 O Educativo EF pode ser baixado, sem custo, na plataforma Google Play. Gratuito, o cadastro de escolas, academias e personal trainers ou outras  instituições interessadas deve ser feito pelo e-mail educativoef@gmail.com ou telefone (11) 99286-6130 ou (11) 3081-3837. O site do aplicativo pode ser acessado através deste link.

Jornal da USP – por Guilherme Gama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s