Estudo com profissionais de saúde em Manaus mostra que Coronavac é 50% eficaz

Pesquisa envolveu 67.718 trabalhadores de saúde que moram e trabalham na capital do Amazonas

Um estudo realizado com profissionais de saúde que trabalham em Manaus mostra que a vacina Coronavac teve uma eficiência de 50% na prevenção à covid-19. Esse porcentual foi registrado após 14 dias da primeira dose.

O estudo é assinado por um grupo de pesquisadores de instituições brasileiras e estrangeiras, o VEBRA COVID-19 (Vaccine Effectiveness in Brazil against COVID-19), e é descrito como o primeiro que “avalia a efetividade da Coronavac em locais onde a variante P.1 é predominante”.

Veja também

A P.1 é variante brasileira do coronavírus que causou um intenso surto de casos e mortes em Manaus e em outras cidades do Amazonas no início do ano.

Não há ainda resultados sobre a efetividade da vacina nos profissionais de saúde na capital amazonense após a segunda dose. Os pesquisadores planejam seguir coletando as informações para calcular o nível de proteção após 14 dias da segunda dose.

No comunicado de anúncio sobre os estudos, os pesquisadores afirmam: “Esses resultados são encorajadores porque a Coronavac continua sendo efetiva na redução de risco de doença sintomática em um cenário com > 50% de prevalência de P.1. Esses achados apoiam o uso contínuo dessa vacina no Brasil e em outros países com a circulação da mesma variante”.

Um dos autores do estudo é o infectologista Julio Croda, da Fundação Oswaldo Cruz.

O trabalho tem o apoio da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), da Fundação de Vigilância em Saúde do Estado do Amazonas e da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus.

As pesquisas do grupo vão avaliar também a efetividade da Coronavac (produzida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, em parceria com o laboratório chinês Sinovac) e da vacina da AstraZeneca/Oxford (produzida no Brasil pela Fiocruz) em idosos residentes em Manaus e também em Campo Grande, São Paulo. Os dados do Estado de São Paulo também alimentarão os estudos.

Por Valor Econômico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s