UNESCO torna Cuscuz Patrimônio imaterial da Humanidade

Coloque a massa de cuscuz em um recipiente com um pouco de sal, misture a massa e jogue água até que ela fique úmida e homogênea. Deixe a massa descansar por alguns minutos, e, logo após a coloque em um cuscuzeiro. Em poucos minutos cozinhando no vapor do cuscuzeiro estará pronta uma das mais deliciosas iguarias do nordeste, o Cuscuz.

Esse conhecimento, as práticas e as tradições relacionadas ao preparo e ao consumo do cuscuz foram declarados Patrimônio Imaterial da Humanidade nesta quarta-feira (16).

Consumido em todos os locais do Nordeste Brasileiro esse maravilhoso e saboroso prato teve o seu reconhecimento pela UNESCO. Que teve reunião virtual e aprovou à solicitação de Tunísia, Marrocos, Argélia e Mauritana. Esses países haviam argumentado que tais saberes e práticas, parte integrante de seu patrimônio cultural, eram praticados por todas as populações de Argélia, Marrocos, Mauritânia e Tunísia, de todos os gêneros, de todas as idades, sedentários ou nômades, rurais ou urbano, incluindo os imigrantes, e em todas as circunstâncias: dos pratos do dia a dia às refeições festivas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s